9 de ago de 2008

08/08/2008 - 4º dia... me tornando mais civilizada, então

Hoje passei o dia mais civilizada... ainda comentei com uma amiga que deixei de ser um animal irracional e selvagem e agora descarto toda e qualquer possibilidade de uma provável tentativa de comer o que se movesse perto de mim. hahaha
Não comi arroz o dia todo, e ainda assim me senti bem! Não tive fome nem morri de abstinência... sou uma tarada por arroz e, até alguns dias atrás eu jamais acreditaria que seria capaz de sobreviver sem o bendito grãozinho que eu amo.
Por mais incrível que isso possa parecer, meu corpo está mais adaptado e não passa o dia urrando loucamente, e o meu cérebro está me dando um descanso. Passei o dia tranqüila, quase zen... INACREDITÁVEL!!! Nem parecia que eu estava numa dieta pra faquir! Pena que eu sei que isso é temporário, logo o corpo começa a entrar em colapso de novo. A sorte foi que a dor de cabeça só me acometeu à noite, perto da hora de dormir.
O inchaço da alimentação excessiva e o inchaço dos meus tornozelos (que me fazia parecer com o Pé Grande)já foram embora, e já teve quem me disse que eu emagreci... pobres mortais... eu ainda estou imensa, desanimada e me sentindo um lixo. Mas me sinto um lixo mais leve, não sinto tanto cansaço (proveniente do excesso de alimentação, a sensação de peso e falta de ar). Começo a criar nojo da minha barriga,tenho que começar a caminhar o mais rápido possível pra não andar de saia por aí... hehehe
Os problemas de vaidade já estou fazendo por onde me condicionar... tomei uma mijada de uma das Divas que me disse que eu perdi a vaidade e que eu tenho que dar um jeito de recuperar. Já "desencavei" meu delineador, meus batons. Escondi meu brilho labial transparente. Quem sabe isso me ajude mas, mesmo rebocada eu ainda me sinto feia e gorda. Mas estou me esforçando pra não sair de casa de cara lavada e sem brincos, pelo menos isso. Estou certa que a minha mudança de opinião vem com o tempo! Por quanto tempo eu fui bonita para mim mesma?? (por muito tempo, podes ter certeza) Resta relembrar o que eu esqueci! ...e recuperar velhos hábitos, como NUNCA sair de casa sem brinco e o lápis no olho.
O que eu mais gosto nisso tudo é de ver o pessoal apoiar! Os amigos que no meio da manhã, sabendo que tu estás faminta e de dieta e que fazem questão de dizer: ai, tô com uma fome!!! Lembrando a ti mesma que tu também estás com uma fome enlouquecedora mas que, diferente deles, tu não podes comer (pelo menos não o que eles podem comer). Isso tudo sem citar os que se esquecem que estou em dieta e me oferecem refrigerantes, lanches, doces e por aí vai... uma lista inumerável de itens que para mim não são comestíveis e que, em ocasiões mais obesas, raramente (ou, sendo completamente sincera, NUNCA) me seriam oferecidos.
Mas eu estou firme e forte, porque mesmo que me dê votade de comer uma coisa bem pesada, bem calórica e doce, eu vejo a vítima a ser comida e o número maldito (105) bate na minha cabeça e toda a vontade de degustar uma coisa doce e com gosto vai embora e fica uma nojeira... daí eu bebo água... em média 3 litros diários!
Ah, e pra não esquecer de agradecer, a Aninha, do blog A Solidão Nunca Está Sozinha, me deu uma jaquetinha linda da Levi's! E que vai ser mais um estímulo para mim!!! Porque eu visto GG e a jaqueta é G, assim que eu entrar nela, começamos a primeira comemoração... com muita água, alface e tomate! Aninha, muitooo obrigada! Um beijo pra ti, poetisa tunti tunti!!!
Falei em mudar o tamanho das roupas e esqueci de faar em metas... Bom, a idéia inicial é voltar para os dois dígitos. Depois defino o que mais eu quero. Vou matar um leão de cada vez.
Um bom fim de semana e muita sorte para mim... porque amanhã (09/08/2008) tem o jantar dançante do meu irmão mais novo e o cardápio é de matar o índio: galeto, polenta, saladas e massas. Que bom que é coisa de gaudério e tem muito chimarrão pra eu beber... e vou torcendo que tenha uma saladinha de alface! (porque maionese... aff!)

Um comentário:

Ana Matias disse...

Oi Debby!! Espiarei por aqui os resultados da tua luta, e torcerei pra que consigas!

Obrigada pelas palavras no meu blog, adorei os teus blogs e estou olhando com calma, como dá, cada um!!

Beijão e mereces vestir a jaquetinha G!!